Só bem acompanhado

mulher

E novamente

Aqui estamos eus,

Aqui somos sós,

Cobertos de sementes

Que sintetiza o profundo

E pluralizam os singulares.

E uma nova ideia a brotar,

De que ser só não é mal,

Que o efêmero é normal

E que tudo faz semtido.

O presente é a melhor meta.

E por fim tenho tito,

O que realmente nus completa

É o mundo.

(Por Beatriz Benedetti)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>